Assassinadas duas pessoas para enriquecimento ilícito na cidade de Tete


Views: 1

Uma criança de 13 anos de idade e um comerciante de aproximadamente 25 anos foram assassinados na cidade de Tete, no último domingo e noite de terça-feira, respectivamente, estando dois dos seis protagonistas do crime sob custódia policial.

No caso do menor, a ideia era tirar o pulmão e coração para entregar a um curandeiro a fim de dar seguimento ao tratamento para obtenção de uma riqueza ilimitada, por meio dos negócios praticados pelos três envolvidos no crime.

O porta-voz do Comando Provincial da Polícia da República de Moçambique (PRM) em Tete, Feliciano da Câmara, explicou que o indiciado no homicídio do menor, na companhia de dois indivíduos, levaram a criança para um local à beira do rio Zambeze, onde perpetraram o acto.

“Tiraram a vida com recurso a faca e extraíram os dois órgãos que o curandeiro lhes orientou a entregar e jogaram o menino no rio. A Polícia apercebeu-se do desaparecimento do menor a partir da denúncia da família e efectuou diligências que culminaram com a detenção deste indivíduo dos seus 30 anos, residente no bairro Mpáduè, onde faz o negócio de gado suíno”, detalhou.

Acrescentou que no episódio da morte do comerciante, o mesmo partiu do distrito de Macanga para cidade de Tete com o intuito de fazer compras para o seu estabelecimento comercial e, por ser distante, hospedou-se numa residência, onde os donos, ao perceberem que o negociante tinha elevadas quantias de dinheiro, mataram-no com uma pedra e faca, tendo seguidamente se apoderado do valor.

Dois participantes do crime fugiram, porém, a esposa de um dos meliantes foi, segundo o porta-voz, detida por ser uma das pessoas envolvidas no acto, e junto dela está a pedra e a faca usadas para a prática do acto macabro. Entretanto, a mulher considera-se inocente, afirmando que quem matou  foi o seu marido.

Leia mais…

O post Assassinadas duas pessoas para enriquecimento ilícito na cidade de Tete apareceu primeiro em Mozambeats.

Source by [author_name]

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *