CANCRO DA PRÓSTATA: Mais 27 mil homens rastreados em Tete


Views: 1

Quarenta e oito mil homens foram submetidos ao rastreio de cancro da próstata nos primeiros nove meses do corrente ano, na província de Tete, contra 21 mil em igual período de 2021, com uma evolução em 27 mil, segundo dados partilhados pelo chefe do Departamento Provincial de Saúde Publica, Hélder Dombole.

Deste universo, nenhum diagnóstico resultou positivo. Por isso, Dombole, que falava no contexto da celebração, hoje (17), do “Novembro Azul”, mês dedicado à saúde do homem, atribui uma classificação “positiva” ao nível de rastreio, pois evidencia uma subida do número de indivíduos deste género com oportunidade de salvar suas vidas.

Explicou que um dos maiores factores de risco para a contracção do cancro é a hereditariedade, o que significa que se alguém já foi diagnosticado com esta doença numa família, a probabilidade de outros membros adquirirem a mesma enfermidade é maior.

Outro factor de risco é a idade, pois, as estatísticas apontam para indivíduos da faixa etária dos 40 aos 65 anos propensos ao cancro, com enfoque para este último intervalo. A raça é, também, um dos factores, com os números a incidirem sobre indivíduos negros, para além do estilo de vida, hábitos alimentares (consumo excessivo de gorduras, álcool) e tabagismo. Considerou que o rastreio ainda é um grande desafio, pois as pessoas têm medo do exame da próstata, porque ainda há muitos mitos e tabus em torno do assunto, uma vez que o teste consiste no chamado toque rectal.

Leia mais…

O post CANCRO DA PRÓSTATA: Mais 27 mil homens rastreados em Tete apareceu primeiro em Mozambeats.

Source by [author_name]

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *