Israelitas rendidos a actuação de crianças e jovens angolanos da Fundação Arte e Cultura

A actuação das crianças e jovens angolanos da Fundação Arte e Cultura foi ovacionada pelos 400 convidados da Gala da Fundação Menomadin, que se realizou domingo no Museu de Arte de Tel Aviv.

O grupo de 14 crianças e jovens participou no projecto “Ponte Cultural” entre Israel e África, da Fundação Arte e Cultura, ao lado da cantora gospel angolana Glória de Lú e do kudurista Evandro Raimundo. A “Ponte Cultural” apoia os artistas locais na divulgação da cultura angolana em todo o mundo.

Estas crianças que viajaram de Angola para Israel, têm aprendido dança e música, nos últimos três anos, na Fundação Arte e Cultura, em Angola, que foi criada pelo Grupo Mitrelli e é gerida pela Fundação Menomadin. Subiram ao palco com instrumentos musicais tradicionais que trouxeram para o evento, e apresentaram um conjunto de danças, como forma de expressão da vida e da cultura angolana.

As crianças e jovens angolanos dançaram e interpretaram temas da cultura angolana, um medley único do sucesso de Bob Marley, “One Love”, com a canção do cantor israelita Avraham Tal, “Kol Galgal”, que foi traduzida para português e Kimbundu, e actuaram com a cantora de gospel angolana, Glória de Lú. Em cena esteve ainda a israelita produtora musical e artista Noa Zulu, considerada uma das melhores artistas de didgeridoo do mundo, interpretando uma música original, criada em conjunto com Glória Lú e o kudurista Evandro Raimundo, com quem partilhou o palco, tendo cada um trazido um toque da sua cultura individual.

O grupo está a visitar Israel entre os dias 7 e 16 de Novembro. As crianças e jovens são os melhores alunos das classes de música (instrumento e canto) e dança da Escola de Artes da Fundação Arte e Cultura.

O evento contou com a presença do fundador da Fundação Menomadin, Haim Taib, e dezenas de altas figuras de Israel e de todo o mundo, incluindo o ex-vice-presidente de Angola, Bornito de Sousa, que esteve em Israel para explorar parcerias e visitar universidades israelitas; A Ministra do Trabalho, Administração Pública e Segurança Social de Angola, Teresa Rodrigues Dias, também esteve presente na gala, aproveitando a deslocação integrada numa missão de reconhecimento do nível de inovação na educação e tecnologia deste país; Na gala marcaram ainda presença membros do governo israelita, diplomatas e embaixadores de diversos países.

O post Israelitas rendidos a actuação de crianças e jovens angolanos da Fundação Arte e Cultura apareceu primeiro em Mozambeats.

Source by [author_name]

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *